Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Inteligência Artificial

Meta e Ray-Ban com IA: Avanço Tecnológico ou mais um Fracasso?

Frank Nozalski
Escrito por Frank Nozalski em 20 de outubro de 2023
3 min de leitura
Meta e Ray-Ban com IA: Avanço Tecnológico ou mais um Fracasso?
Conteúdo selecionado

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Olá, nerds de plantão! Pegue sua pipoca (ou seu teclado, se preferir) e prepare-se para uma análise sincera e realista dos óculos inteligentes da Meta e Ray-Ban com IA. Vamos desvendar juntos os segredos, as falhas e as surpresas deste gadget que está dando o que falar.

Privacidade: Um Super-herói ou um Vilão?

Vamos começar falando sobre a privacidade. Lembra do Google Glass? Sim, aquele óculos que fez todo mundo se sentir no filme “Minority Report”, mas que também deixou as pessoas meio paranoicas. Pois bem, parece que a Meta e a Ray-Ban resolveram reviver esse fantasma.

Meta e Ray-Ban com IA: Avanço Tecnológico ou mais um Fracasso?

Os óculos inteligentes têm câmeras voltadas para a frente, o que significa que tudo e todos à sua frente estão potencialmente sendo “observados”. De acordo com um analista do Android Central, sempre que passava por alguém na rua, ele se sentia como se estivesse em um episódio de “Black Mirror”. E aí eu pergunto: quem quer viver em um episódio de “Black Mirror”?

Meta e Ray-Ban com IA: Ainda em Fase de Crescimento

A IA dos óculos inteligentes da Meta e Ray-Ban parece ser um daqueles adolescentes que ainda estão descobrindo o mundo. Apesar de atender demandas básicas, ela ainda tropeça quando se trata de eventos ocorridos após dezembro de 2022.

Além disso, a IA tem a velocidade de um caracol em dia de preguiça. Comandos demoram a ser respondidos, o que pode ser um pouco frustrante quando você está tentando fazer uma chamada ou tirar uma foto rapidamente.

Vida Útil da Bateria: Uma Corrida Contra o Tempo

A bateria dos óculos inteligentes parece ter a mesma duração de uma bateria de celular dos anos 90. Testadores do Android Central relatam que o dispositivo funciona por cerca de 3h30 antes de precisar ser recarregado. Isso é menos tempo do que a maioria dos filmes da Marvel!

Siga o Jovem Digital no Google Notícias

Um Pequeno Passo para o Homem, um Grande Salto para a Tecnologia

Apesar de todas as críticas, é inegável que os óculos Meta e Ray-Ban com IA são um grande salto tecnológico. Eles conseguem abrigar funções importantes em um tamanho compacto, estiloso e capaz de lidar com tarefas semelhantes a de um smartphone.

No momento, os óculos estão em pré-venda nos Estados Unidos por US$ 299 (R$ 1.515, em conversão direta). Ainda não há previsão para lançamento em outros países.

A Opinião do Tio Frank sobre o Meta e Ray-Ban com IA

E aí, o que você acha? Será que os óculos inteligentes da Meta e Ray-Ban são o futuro ou apenas um brinquedo caro com uma vida útil de bateria questionável? Na minha opinião, eles são um passo importante para a tecnologia wearable, mas ainda têm um longo caminho a percorrer. De qualquer forma, estou ansioso para ver o que o futuro nos reserva!

Leia mais conteúdos como este no Jovem Digital: Meta

Meta e Ray-Ban com IA: Avanço Tecnológico ou mais um Fracasso?
TAGS:

Fala Jovem,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *