Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Inteligência Artificial

Além da Vida: IA Cria Ponte Para falar Com Mortos

Frank Nozalski
Escrito por Frank Nozalski em 14 de dezembro de 2023
5 min de leitura
Além da Vida: IA Cria Ponte Para falar Com Mortos
Conteúdo selecionado

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Fala meu Jovem Digital, você já imaginou poder ter uma última conversa com aquele amigo ou parente que já não está mais entre nós? Parece um episódio saído diretamente de “Black Mirror”, não é mesmo? Mas quando a IA Cria Ponte Para falar Com Mortos, isso está dividindo opiniões lá nos Estados Unidos e quer saber o motivo? Vem comigo que eu te conto tudo!

O Futurista “Olá” Pós-vida

Afinal, você se sentiria confortável em passar um tempinho batendo um papo com um ente querido através de um avatar, mesmo sabendo que ele já partiu deste mundo? Será que valeria a pena, mesmo ciente de que as palavras vêm de uma máquina? Ou a ideia soa um tanto quanto macabra para você? Você pagaria por um encontro desses?

Os States estão fervendo com esse debate. Jornais como o “The New York Times” têm levantado essa bola, relatando histórias de pessoas que adentraram nesse universo da inteligência artificial—enquanto alguns estão amando, tem gente por lá achando a coisa toda meio assustadora.

IA Cria Ponte Para falar Com Mortos

Serviços Futuristas com um Toque de Nostalgia

Conheça o StoryFile e o HereAfter AI, dois apps que te propõem essa experiência, direto do além. O primeiro tá no mercado desde 2017, e o segundo apareceu em 2019, mas ambos estão ganhando os holofotes agora, graças a todo burburinho em volta de tecnologias de IA—fala aí, ChatGPT!

E aí, os debates começaram a pegar fogo. Tem gente questionando o uso da IA pra todo tipo de coisa, desde a redação jornalística até a criação de obras de arte. E agora surge essa dúvida: é certo ter esses bate-papos virtuais com quem já bateu as botas?

Os Experts no Assunto

Um cara que saca muito disso é Alex Connock, da Saïd Business School da Universidade de Oxford. Ele diz que a resposta tá no consentimento. Sabe, se todo mundo envolvido tá ligado no que tá rolando e deu o ok, então a parte ética tá mais tranquila.

David Spiegel, da Escola de Medicina de Stanford, completa: as pessoas precisam manter os pés no chão e entender que estão lidando com uma memória, não com a pessoa em si. É tipo uma forma de rever o que ficou para trás.

IA Cria Ponte Para falar Com Mortos
Siga o Jovem Digital no Google Notícias

Como é Que Funciona Esse Negócio?

Bem, tanto o HereAfter AI quanto o StoryFile são bem high-tech:

  • Os apps geram as respostas através de entrevistas feitas com os clientes enquanto estão vivinhos da silva.
  • Perguntas do tipo “Me fala sobre sua infância” ou “Qual foi o maior desafio que você enfrentou?” entram no script.
  • A partir dessas respostas, surge um avatar que interage com quem usa o app, criando conversas compatíveis com o que foi gravado.
  • E o legal é que eles usam a voz e a imagem real da pessoa, então é uma experiência bem autêntica.

Conclusão: IA Cria Ponte Para falar Com Mortos

Então, pessoal, estamos mesmo diante de uma nova era, onde a distância entre o aqui e o além pode ser encurtada por uma tela e um algoritmo. Fascinante e um tanto assustador, né? Mas uma coisa é certa: a tecnologia tá se superando e nos trazendo possibilidades que a gente só imaginava em ficção científica.

E aí, o que você acha de tudo isso? Eu quero saber! Compartilha suas ideias nos comentários e, claro, não esquece de espalhar esse artigo pra galera entrar nessa conversa de outro mundo! Seu clique pode até não trazer ninguém de volta, mas com certeza vai ajudar a gente a manter esse papo vivo! 😉👻

Leia mais conteúdos como este no Jovem Digital: Inteligência Artificial

Além da Vida: IA Cria Ponte Para falar Com Mortos
TAGS:

Fala Jovem,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *