Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Inteligência Artificial

Segurança na IA: 18 Países Assinam Acordo Histórico

Frank Nozalski
Escrito por Frank Nozalski em 27 de novembro de 2023
3 min de leitura
Segurança na IA: 18 Países Assinam Acordo Histórico
Conteúdo selecionado

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Olá, amantes da tecnologia do Jovem Digital! Vocês já sabiam que a inteligência artificial (IA) está prestes a dar um passo gigante rumo à segurança total? Imaginem um mundo onde as máquinas pensantes são criadas com um foco laser na segurança desde o seu nascimento. Segurança na IA, pois é exatamente isso que 18 países, incluindo os grandões como EUA e Grã-Bretanha, estão pretendendo com um novo acordo internacional. Vamos mergulhar nesse assunto?

Um Pacto Global Pela Segurança na IA

Um fato bombástico veio à tona no último domingo: um grupão de países deu um aperto de mão virtual e prometeu manter a inteligência artificial segura desde o berço. Mas o que isso significa na prática? Conforme reportado pela Reuters, a ideia é ficar de olho nas empresas de IA para se certificar de que estão construindo esses sistemas pensando na segurança acima de tudo. Não é só sobre lançar recursos inovadores ou competir para cortar custos – é sobre fazer o dever de casa certinho, desde o começo.

Jen Easterly, big boss da Agência de Segurança Cibernética e de Infraestruturas dos EUA, bateu na tecla de que a segurança deve ser o elemento central já na fase de design. E isso, meus caros tecnólogos, é uma novidade e tanto!

Por Dentro do Acordo

Segurança na IA: 18 Países Assinam Acordo Histórico

E o que está cozinhando nesse acordo? Tem tudo a ver com antecipar problemas: desde evitar que a IA vire o brinquedo predileto dos hackers até assegurar que só se lance modelos de IA após passar por testes de segurança adequados. No entanto, o pessoal não tocou no assunto coleta de dados. A gente tá curioso pra saber como isso vai funcionar, né?

O Papel da Europa na IA

A Europa, sempre um passo à frente quando o papo é regular as coisas, está dando um show na regulamentação da IA. Alemanha, França e Itália já colocaram suas assinaturas em um acordo sobre como a tecnologia deve ser conduzida no continente, o que promete acelerar as discussões por lá.

E não é só isso: a expectativa é que essas regras paveiem o caminho para uma Lei da IA rolando até o ano que vem. Fiquem ligados, porque a Europa tá no jogo para ser o grande referencial na regulamentação da IA.

O Reino Unido na Linha de Frente

Falando em puxar a fila, o Reino Unido não está pra brincadeira. Eles organizaram a primeira cúpula global de segurança da IA neste mês e conseguiram algo que parecia impossível: colocar a China, os Estados Unidos, a União Europeia e uma galera de outros países na mesma mesa para bater papo sobre como gerenciar os riscos da IA. Histórico, vocês não acham?

Siga o Jovem Digital no Google Notícias

Conclusão: A Corrida pela IA Segura

Então, o que a gente pode tirar de tudo isso? Parece que a corrida pela IA não é mais só sobre quem faz mais rápido e mais barato, mas quem faz mais seguro. Essa mudança de mentalidade pode ser um divisor de águas no mundo da tecnologia e, claro, tem tudo para impactar positivamente a forma como a gente vive e interage com as máquinas pensantes.

Você tem alguma opinião sobre esse acordo internacional? Acha que vai dar em alguma coisa ou é só conversa para boi dormir? Comenta aí e vamos debater! Não esqueça de compartilhar o artigo para espalhar a novidade e manter todo mundo informado sobre os rumos da nossa querida IA.

Com essa, despeço-me, meus companheiros de silício e circuitos. Até o próximo post cheio de novidades do mundo tech aqui no Jovem Digital!

Leia mais conteúdos como este no Jovem Digital: Inteligência Artificial

Segurança na IA: 18 Países Assinam Acordo Histórico
TAGS:

Fala Jovem,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *